Vida que segue… Retrospectiva 2019

Querido blog,

Em meu último post, fiz um desabafo sobre tudo o que aconteceu desde que tivemos o diagnóstico de câncer do meu pai. Desabafar ajudou a aliviar um pouco a dor da ausência, pois foi como se eu “arquivasse” as imagens ruins que vinham em minha mente após o falecimento dele.

Apesar desse acontecimento ruim, tive muitos momentos bons em 2019 e que precisam ser registrados como forma de recordação. Esse o objetivo desse post afinal, vida que segue e eu preciso seguir o meu caminho valorizando os bons momentos, aprendendo com os ruins e procurando fazer o melhor que eu posso a cada dia!

Pois bem, depois do post de Janeiro, o próximo passo seria fazer o de Fevereiro, mês a mês, mas como já estamos em Dezembro, vou tentar resumir. O bom é que posso contar com a ajuda do Bruno para colocar tudo em forma de vídeo, o que facilita a compreensão. 🙂

 

Fevereiro | 2019

No início de Fevereiro, tive a oportunidade de ver um dos meus artistas favoritos de música eletrônica, o Above & Beyond, a quem eu costumo denominar de “O clássico da música eletrônica”. Além de ser um som leve e agradável, todas as letras falam de amor e, para quem é sensível como eu, a apresentação deles é capaz de arrepiar todos os pelinhos do corpo!

Vejam o vídeo da apresentação do Above & Beyond na Laroc by Bruno Furquim:

 

Ainda em Fevereiro, tivemos momentos divertidos, como a viagem que Bruno e eu fizemos com a Isabelli (Tchuka) e a Paula (Pauletis). Conhecemos o Ilha Morena, um hotel bem gostoso que fica em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo.

 

Fechando o mês de Fevereiro, teve uma singela comemoração do meu aniversário com a presença ilustre do Meu Papito (saudade), Mamis, Bruno, Sogritas, Sogro, Tchuka e Pauletis…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Confesso que ver as fotos do meu aniversário com a presença do meu Papito sorridente, me dá um aperto enorme no coração, mas o intuito desse post não é ficar triste e sim agradecida pelos bons momentos que passamos juntos!

Continuando…

 

Março | 2019

Em março, fomos visitar o Tio Salvador que estava com câncer no fígado… Mal sabia ele que partiria dessa vida logo na sequência… 😦

Fiz um depoimento falando sobre a doença do tio Salvador e outros eventos ruins que aconteceram na época. Por aqui vou deixar apenas as imagens dos últimos momentos que passamos com ele:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Depois desse dia, aconteceram algumas coisas estranhas comigo, relacionadas a sentimentos e sensações de depressão e melancolia que eu não consigo explicar. Depois pude entender o motivo desses sentimentos: descobrimos que meu pai estava com câncer… Gravei alguns vídeos particulares, mas não tenho coragem de publicar…

Vou deixar esse post apenas para as boas lembranças… Como quando chegou meu sofá novo e meus pais estrearam comigo ou quando eu conseguia sair um pouco com o Bruno para aproveitar o final de semana…

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Abril | 2019

Nos dias 13 e 14 de abril, Bruno e eu fizemos uma viagem de moto para Aparecida do Norte, com o intuito de agradecer pela nova aquisição e pedir proteção. De lá, fomos até Campos do Jordão, onde já fomos de carro e resolvemos ir pela primeira vez de moto.

Chegando lá, não sabíamos onde passaríamos a noite, mas tivemos a sorte de parar em um posto ao lado do Hotel JB. O frentista nos indicou uma pessoa que conseguiu um quarto bem bacana e acessível nesse hotel. Conhecemos o quarto, deixamos a moto no estacionamento e saímos para comer fondue. Começou a chover a noite, por isso não conseguimos passear a pé pela cidade.

No dia seguinte, o tempo ainda estava nublado, mas nós ficamos aproveitando o café da manhã maravilhoso do hotel! Quando amenizou a chuva, fizemos check out do hotel e demos uma volta pela cidade para conhecer alguns picos de moto. Não pudemos ficar muito tempo, pois logo começou a chover e nós voltamos para casa.

 

Depois desse final de semana, tivemos alguns eventos como: Páscoa, aniversário de Mamãe e a primeira pizza que Bruno e eu comemos no Cafofura:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Logo na sequência, surgiu outra oportunidade de Bruno e eu passearmos de moto. Dessa vez, fomos para Embu das Artes, que fica em São Paulo mesmo. Acordamos cedo, tomamos café da manhã na Casa São Bento e pegamos a estrada.

Chegando em Embu das Artes, estacionamos a moto e fomos até a pracinha onde são vendidos os artesanatos produzidos pelos artistas locais. Um mais lindo que o outro! Ainda bem que eu estava de moto, senão ia querer comprar vários artesanatos que vi por lá!

 

Maio | 2019

No início de Maio, Bruno e eu tivemos a oportunidade de ir ao Encontro das Tribos, principalmente para assistir às apresentações do SOJA, Ponto de Equilíbrio, Pitty, Maneva e Planta e Raiz. Tirando o povo que exagera na “fumaça”, o encontro foi muito bom, mesmo com a chuva que nos fez ficar na arquibancada… rsrs

 

Na sequência, teve o almoço de Dia das Mães, a mudança no meu visual (tirei o aparelho) e o almoço em família com os saudosos Papito e Sr. Joseph (ambos falecidos nesse ano)…

Este slideshow necessita de JavaScript.

img-20190522-wa0010
No dia 22 de Maio, Tio Salvador nos deixou… 😦

 

Vida que segue…

Para distrair a mente e seguir a vida, Bruno e eu continuamos com nossa saga de ir para lugares diferentes de moto.

Nos dias 25 e 26 de maio, fomos até Serra Negra (SP) para conhecer a cidade e aproveitar o friozinho de São Paulo. No meio do caminho, almoçamos num lugar chamado Bistecão do Dito (Itatiba), onde comemos uma deliciosa feijoada feita em fogão a lenha!

Chegando em Serra Negra, procuramos um lugar bacana para ficar e optamos pelo Hotel Moinho de Pedra. Depois que fizemos check in, deixamos as coisas no quarto e fomos a pé até o centro, pois ficava bem próximo ao hotel.

Depois de passear a pé pela cidade, paramos na Lanchonete Famiglia Gianotti para curtir a noite. Voltamos para o hotel por volta das 23h e ficamos maravilhados com a tranquilidade da região (a ponto de algumas casas estarem com os portões abertos naquele horário).

No dia seguinte, aproveitamos o maravilhoso café-da-manhã e saímos para explorar a cidade. Fomos até a estátua do Cristo Redentor e passamos pela Disneylandia dos Robôs. Não entramos, pois achamos que o valor não compensava e o intuito das nossas viagens é aproveitar o que podemos explorar ao ar livre!

O único lugar que queria ter entrado foi no Museu do Café, mas chegamos tarde demais, pois já estava fechado.

Depois de explorarmos Serra Negra, partimos de volta para casa… 🙂

 

Junho |2019

Já no dia 9 de junho, o intuito era relembrar a minha infância nas chácaras dos meus tios em Guararema. Como eu não lembrava mais do caminho, decidimos ir até o centro da cidade, para não perder a viagem.

Adorei conhecer o centro de Guararema! Só faltou fazer o passeio de trem, mas esse fica para a próxima (é necessário agendar e comprar os ingressos antecipadamente).

 

No dia 20 de junho, comemoramos o aniversário do Sr. Joseph (sogro da minha irmã)… mal sabíamos que esse seria o último aniversário dele e também a última vez que veríamos meu pai e ele juntos…

Joseph considerava meu pai como um irmão! A amizade entre os dois era linda de se ver… Talvez seja por isso que, logo após a morte do meu pai (em 1º de setembro), Joseph também faleceu… (Em 7 de outubro, pouco mais de um mês da morte do meu pai).

Ficam aqui as lembranças dos momentos alegres que antecederam esses acontecimentos ruins:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Na sequência, Bruno e eu buscamos um novo destino para explorar. Dessa vez partimos em direção a Águas de Lindóia e levamos nossa barraca de camping para usar “de verdade” (compramos para as férias de 2018 e não conseguimos usar direito, pois ficamos hospedados no Camping do Marcão!!!) 😀

No caminho pela Rodovia Fernão Dias, paramos pela primeira vez num lugar chamado Procura-se a Empadinha. Tomamos um café bem gostoso e seguimos viagem…

Chegando em Águas de Lindóia, estava acontecendo o Encontro Brasileiro de Carros Antigos e nós não sabíamos que ia ter… Tivemos a sorte de aproveitar esse evento e, de quebra, conhecer a cidade!

Ficamos hospedados no Camping Daragona, no qual o proprietário nos recebeu muito bem! Depois de instalarmos nossa barraca, voltamos a pé para o evento. Almoçamos, passeamos bastante, jantamos e voltamos para o camping.

Acordamos com um dia lindo de Sol! Fomos até a padaria próxima tomar café e depois fomos explorar a cidade.

Entramos no Balneário Municipal com águas medicinais. Não cheguei a tomar o banho dessa vez, mas bebi um pouco da água que é distribuída por lá. Antes de experimentar os poderes curativos dessas águas, é necessário passar por uma avaliação médica no local.

Fomos também até a estátua do Cristo Redentor, onde pudemos avistar paisagens tão belas quando as de Guararema e Serra Negra. Depois fomos até o Morro do Pelado, onde nos aventuramos com a “XxX” (nossa moto), ficando os três MEGA empoeirados… Valeu demais a aventura! 😀

 

Julho | 2019

Em julho não tivemos passeios e viagens, pois foi o período em que meu pai começou o tratamento contra o câncer e nossa rotina ficou um pouco conturbada.

Julho foi também o mês em que voltei a trabalhar com a Repullo, porém em home office! O que contribuiu muito para que eu tivesse disponibilidade de ajudar meus pais nesse momento tão difícil. Escrevi sobre isso também no site da Equilíbrio Assistência Virtual.

 

Agosto | 2019

Apesar de tudo de ruim que aconteceu, tenho ainda algumas lembranças boas para registrar… Como por exemplo o último Dia dos Pais que passei com o Meu Papito

Este slideshow necessita de JavaScript.

11 de agosto de 2019… Depois desse dia, Papito não foi mais o mesmo… As reações da quimioterapia começaram a aparecer de forma avassaladora e o levaram à morte em menos de um mês… Relatei tudo o que aconteceu no post Quem matou meu pai

Apesar das semanas turbulentas que enfrentamos, Bruno e eu ainda conseguimos fazer mais um passeio de moto… No dia 17 de agosto, fomos até a balsa de Bertioga, e depois até o Guarujá.

O objetivo era ir até a Prainha Branca, mas ao chegarmos na região, não tinha acesso para moto e descobrimos que para chegar lá teríamos que deixá-la num estacionamento e ir andando por uma trilha.

Para nós essa alternativa estava fora de cogitação, pois além das coisas de camping, teríamos que levar o baú da moto e ficamos sabendo depois que várias pessoas foram assaltadas nessa trilha…

Decidimos então ir até a Praia de Perequê e procurar algum lugar para comer. Paramos no restaurante O Pescador, onde comi uma moqueca de camarão deliciosa! De lá, Bruno pesquisou alguns lugares disponíveis para passarmos a noite, mas não encontramos nenhum camping.

Bruno localizou uma pousada chamada Brilho do Sol, pé na areia e com café da manhã incluso. Depois do jantar, fomos direto para lá, pois ficava há menos de 1 km do restaurante. Fizemos o check in, deixamos nossas coisas e saímos a pé para dar uma volta. Tomei um sorvete, ficamos conversando um pouco e voltamos para a pousada.

No dia seguinte, o café da manhã foi servido no “deck”, com um nascer do Sol lindíssimo! Adoramos o lugar… Apesar de simples, era bem arrumado e limpo. Além disso a praia ficava bem à frente, com um quiosque próprio deles, o que fez com que ficássemos por ali mesmo aproveitando o dia… Até conhecemos um cãozinho que tinha a boquinha torta e ficou do nosso lado o tempo inteiro… rsrs

Chegou o final do dia e era hora de nos despedir dos donos da pousada. Gostamos muito do atendimento, só fiquei triste com a história deles… Reparei que ambos (marido e mulher) tinham tatuagens iguais (um tubarão), eles me disseram que era uma homenagem ao filho deles que morreu surfando no local… 😦

Passei muito frio na volta… (coloquei o capacete com o cabelo molhado e isso fez com que esfriasse ainda mais ao anoitecer)… Mesmo assim o passeio foi bem legal e esse é um dos lugares para o qual pretendemos voltar! 😉

 

Setembro | 2019

Parece que a sensação ruim que tive ao final do passeio queria me dizer alguma coisa… As semanas seguintes foram de muita agonia e sofrimento, que terminaram com a morte do Meu PapitoSim, sempre vou tocar nessa tecla, pois a dor é muito grande e é impossível ser arrancada de uma vez do coração…

img-20190119-wa0008_1_1
Meu Papito faleceu no dia 1º de setembro… 😦

Enquanto escrevo esse post, a dor é um pouco menor, mas ela ainda existe e vem a tona em vários momentos. O bom é que ela vai diminuindo a medida que recebo o apoio da família, dos amigos e de Deus que sempre me conduz.

Outra coisa que ajudou bastante, foram os compromissos que minha mãe e eu tivemos logo após o falecimento do meu pai. Isso fez com que nós duas não ficássemos em casa remoendo o que aconteceu e nos permitiu interagir com as pessoas que amamos.

Minha irmã teve que voltar para o Canadá para continuar os estudos, mas mamãe e eu ficamos juntas, passeando um pouco entre um compromisso e outro…

 

Outubro | 2019

Mamãe e eu fomos até Limeira, Iracemápolis, Rio Claro, Jarinu… Enquanto resolvíamos as pendências, aproveitávamos para ficar na casa de parentes e amigos que nos acolheram muito bem!

Selecionei abaixo algumas lembranças desses momentos, para ficar mais resumido:

Este slideshow necessita de JavaScript.

p_20190620_171455
No dia 7 de outubro, Sr. Joseph faleceu… pouco mais de um mês depois do Meu Papito… 😦

 

Novembro | 2019

Outro passeio importante que fizemos em 2019, foi a viagem para a Bahia. Aproveitamos que Bruno sempre tira férias em Novembro para marcarmos nossa viagem.

A última vez que fui para a Bahia foi em 2005 (eu acho) e eu estava morrendo de saudade da minha madrinha-avó Fulô e de todos os meus tios, tias, primos e primas!

Na viagem fomos: Isabelli, Bruno, Mamãe e eu. Alugamos um carro e partimos no dia 9 de Novembro bem cedinho…

É muito comum na família fazer essas viagens para a Bahia de carro. Eu particularmente gosto bastante, pois posso fazer uma das coisas que mais amo na vida: dirigir! Além disso, é muito bom poder aproveitar a jornada para conhecer lugares diferentes, parar para abastecer, descansar, almoçar e por aí vai… 🙂

Como são mais de 1400 km de viagem, dormimos em Montes Claros (MG). Conseguimos uma diária no Hotel Rametta, com café da manhã incluso… Excelente!!! A noite saímos para jantar num restaurante que havia ao lado do hotel.

No dia seguinte, acordamos sem pressa, tomamos nosso café e seguimos nosso rumo à Casa da Vó Fulô! No meio do caminho fizemos algumas paradas para almoçar e abastecer, mas o melhor ainda estava por vir…

Quando estávamos quase chegando, o GPS nos direcionou para um caminho mais curto, porém sem asfalto. Foi um verdadeiro “Rally dos Sertões”!!! Tchuka e Mamãe ficaram desesperadas no banco de trás, mas eu me diverti demais! Ainda bem que alugamos uma Oroch (Renault), pois ela aguentou muito bem a buraqueira das estradas de terra que o GPS nos jogou.

Graças ao meu copiloto Bruno Furquim, pedimos informações para alguns moradores e chegamos sãos e salvos na casa da Vó Fulô… quase 8 horas da noite! A família  toda estava nos esperando, preocupados com a nossa demora. O atraso nem foi tanto assim… Apenas 1 hora a mais do que o previsto! 😉

Depois que chegamos lá, foi só aproveitar a estadia na casa dos nossos familiares queridos, matar a saudade e conhecer lugares incríveis! Para resumir toda a nossa trajetória pela Bahia, Bruno fez um vídeo super bacana com os melhores momentos… Assim fica mais fácil de entender! 😀

Ficamos apenas uma semana por lá, mas queremos voltar com mais tempo, COM CERTEZA! Não vou registrar cada momento por aqui escrevendo, pois esse post já está muito grande…

Quero agradecer a todos os meus parentes pelo carinho! Fomos muito bem tratados em TODAS as casas que passamos! É por isso que eu sempre digo que eles são um ótimo exemplo de anfitriões! Sabem receber bem as pessoas, fazem de tudo para agradar e fazem de cada encontro um verdadeiro evento!!! ❤

Rever meus parentes da Bahia valeu por todo sofrimento e tristeza que passei durante o ano de 2019… Gratidão família! Amo demais! Deus abençoe a cada um de vocês!!! ❤

 

Calma que o post ainda não acabou… Afinal, essa é uma Retrospectiva de 2019 e ainda falta o final de Novembro e o mês de Dezembro… Uffa! 😀

Voltando da Bahia, Mamãe e eu resolvemos mais algumas pendências… Ela me ajudou a cortar o cabelo para eu fazer uma doação (estava caindo muito), fomos na casa da Tia Noelia e do Tio Jaime (que faleceu no dia 17 de Dezembro), na casa da Tia Aninha e da Fernandinha Fia e Joyce…

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Dezembro | 2019

Uffa! Chegamos em Dezembro!

No dia 1º de Dezembro, fomos à casa da Anita em Parelheiros. Foi um passeio muito gostoso apesar da data ter sido triste (3 meses do falecimento do Papito e 2 do Sr. Joseph).

Mesmo assim, saímos com ela para almoçar no restaurante Feijão de Corda. Depois, Anita nos levou para conhecer uma parte da represa que fica bem próximo de sua casa. Um lugar agradabilíssimo!!! 🙂

Passamos a tarde com ela e a Nina… Tomamos café, brincamos de quebra-cabeça, jogamos conversa fora, matamos a saudade… Também foi uma despedida, pois ela estava prestes a viajar até a Espanha para encontrar com a mãe dela.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Depois de 4 meses, Bruno e eu voltamos a fazer nossos passeios de moto. Fomos até o Camping do Cacau, que fica na Praia de Santiago, em São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo.

Apesar de termos esquecido as varetas da barraca, conseguimos uma barraca emprestada e pudemos aproveitar o final de semana por lá. Gostamos bastante e queremos voltar mais vezes, só que dessa vez, com a nossa própria barraca! 😛

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

No final de semana seguinte, aconteceu o aniversário da Duda, filha da Renatinha (minha prima) e também fomos na casa da Joyce e da Fê (Fia) levar o varal… Mais uma tarde divertida de domingo que passamos com elas (mamãe ensinou a Joy a fazer feijão)!!! 😀

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

No dia 17 de Dezembro, faleceu o Tio Jaime (à direita na primeira foto abaixo). Ele era mais novo do que o Tio Salvador e mais velho que meu pai. Os três faleceram nesse ano… O vidro de conserva de gengibre que aparece na segunda foto, foi ele que fez especialmente para mim, uma semana antes de falecer… 😦

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Depois, mamãe viajou para a Bahia com a Tia Carminha para passar o Natal e o Ano Novo. Já eu fiquei por aqui (Guarulhos), na casa do Bruno e passei o Natal com parte da Família Furquim! 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não fiz muitos registros, pois eu não estava numa vibe muito boa para Natal, mas espero que a Virada para 2020 seja melhor! 

Obrigada a todos que acompanharam até aqui! Deus abençoe a cada um de vocês e que 2020 seja de muita saúde, leveza e proteção!!!

 

Feliz 2020

2 comentários em “Vida que segue… Retrospectiva 2019

Adicione o seu

  1. Eu não consegui fazer retrospectiva, chuchu… Toda vez que tento mexer nas fotos de antes de setembro, me dá uma agonia e eu fico perdida…
    Muitas coisas boas também aconteceram comigo, mas não tem nem como colocar na balança… Não tem nem como comentar…
    Enfim, que 2020 seja um ano maravilhoso para nós.
    Bjs!
    Saudades!
    Te amo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Eliane A Oliveira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: